Media e Eventos /

Próximos Eventos

COLHEITAS DE AMOSTRAS DESTINADAS A ANÁLISE DE LEGIONELLA


20 de abril de 2018
RELACRE
SESSÃO DE INFORMAÇÃO E DEBATE
Guia RELACRE28-Amostragem de Águas; Guia“Prevenção e Controlo de Legionella nos Sistemas de Água”- IPQ; Norma Espanhola UNE 100030:2017 “Prevención y control de la proliferación y diseminación de Legionella en instalaciones”; Normas e Orientações - DGS

SESSÃO DE INFORMAÇÃO E DEBATE

 
"COLHEITAS DE AMOSTRAS DESTINADAS A ANÁLISE DE LEGIONELLA"


20 de abril de 2018

 
Introdução
As bactérias do género Legionella encontram-se em ambientes aquáticos naturais e artificiais, tais como redes de abastecimento de água, redes prediais de água quente e fria, ar condicionado e sistemas de arrefecimento em edifícios, nomeadamente em hotéis, centros comerciais, termas e hospitais, bem como em tanques recreativos e fontes ornamentais. A exposição a esta bactéria pode provocar infeção respiratória denominada Doença dos Legionários, uma forma de pneumonia. A transmissão ocorre por inalação de gotículas de água contaminada ou aerossóis que veiculam a bactéria para os pulmões, onde vai provocar infeção.
De modo a controlar a presença de Legionella nos sistemas de água, avaliar a eficácia dos processos de tratamento, bem como contribuir para a investigação epidemiológica, é necessário efetuar colheitas de amostras representativas da água e/ou biofilme existente nos diferentes locais, as quais devem permitir a realização das respetivas análises.
 
Objetivos
Habilitar os participantes com conhecimentos para implementar e gerir planos de amostragem, incluindo a seleção dos locais e a colheita de amostras representativas.
Dar a conhecer as diferentes metodologias de colheita, transporte, manuseamento e armazenamento de amostras de água destinada à análise de Legionella, tendo por base o Guia RELACRE 28 – Amostragem de Águas, o Guia “Prevenção e Controlo de Legionella nos Sistemas de Água” do Instituto Português da Qualidade, a norma Espanhola UNE 100030:2017 “Prevención y control de la proliferación y diseminación de Legionella en instalaciones”, e as Normas e Orientações da Direção Geral de Saúde.
 
Destinatários
Todos os agentes que atuam no ciclo urbano ou industrial da água e que tenham responsabilidades na área do controlo e garantia da qualidade da água, nomeadamente Técnicos de Colheita, Diretores, Responsáveis e Técnicos de Laboratório, Responsáveis de Qualidade de Entidades Gestoras, Gestores e Técnicos na área da Saúde Pública, todos os interessados em aprofundar o seu conhecimento neste tema.

 
PROGRAMA
 
  9:30
Receção aos participantes e abertura
 
  9:40 Bactérias do género Legionella
 
Meio ambiente e fatores que amplificam a disseminação

Riscos para a Saúde Pública
 
11:00
Pausa  para Café
 
11:15 Requisitos normativos e legais
  Monitorização microbiológica de circuitos de água – Amostragem destinada à análise de Legionella
 
- Seleção dos locais de colheita e estabelecimento de planos de amostragem em função do objetivo da investigação (controlo preventivo, validação da eficácia de processo de tratamento, associação a surtos)
 
- Precauções de segurança

- Seleção de recipientes e equipamento auxiliar de colheita
 
- Inativação de Biocidas
 
13:00
Almoço
 
14:00
 
Metodologias de colheita de água e/ou biofilme, em função do tipo de instalação:
  Sistemas de água quente e fria, Torneiras, Chuveiros, Tanques e Cisternas, Sistemas de Combate a Incêndios, Chuveiros e Lava-olhos, Piscinas e SPA’s.
 
16:15  Pausa para café
16:30

Metodologias de colheita de água e/ou biofilme, em função do tipo de instalação (continuação):
 
  Torres de arrefecimento, Condensadores Evaporativos e outros Equipamentos de Geração de Vapor e Refrigeração, Sistemas de Rega por Aspersão, Fontes Ornamentais, Lavagem de Veículos, Navios, Unidades Dentárias, Sistemas que utilizem Água para Uso Terapêutico, etc. 
 
17:00 Debate e Conclusões

ORADORA:
Margarida Valente

SÍNTESE CURRICULAR

Dra. Margarida Valente - Licenciada em Bioquímica e pós-graduada em Qualidade da Água e Controlo da Poluição pela Faculdade de Ciências da Universidade de Coimbra, pós-graduada em Saúde Ocupacional e Mestre em Saúde Pública pela Faculdade de Medicina da Universidade do Porto. Atualmente exerce funções de Responsável pelo Planeamento e Amostragem na Águas do Douro e Paiva (Grupo Águas de Portugal). Foi Responsável de Área de Laboratório na Águas do Douro e Paiva e Técnica Superior de Laboratório de Microbiologia na Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra onde desenvolveu diversos trabalhos de investigação na área da qualidade da água. Como formadora ministra cursos subordinados aos temas: Segurança e Saúde Ocupacional em Laboratórios; Gestão de Resíduos; Qualidade e Amostragem de Água. Em paralelo, desenvolve a atividade de auditora e consultora na área de gestão, microbiologia, amostragem e saúde ocupacional em laboratórios.
 

LOCAL:
RELACRE
Estrada do Paço do Lumiar
Campus do Lumiar-IAPMEI
Edifício D, 1º Andar
1649-038 Lisboa

 
NOTA:
A inscrição inclui documentação, certificado digital e café. Em caso de desistência de última hora e na impossibilidade de substituição, haverá lugar a uma  retenção de  40%  do preço  de  inscrição  em  compensação d as despesas  administrativas  efetuadas  e prejuízos  sofridos  por  cancelamento de última hora.

 
Para mais informações contactar:
Mª João Conceição
RELACRE
tel. 21 313 98 42
E-mail: maria.joao@relacre.pt


Voltar

PREÇO


€ 120.00 + IVA
Associado

€ 140.00 + IVA
Não Associado


2013 © RELACRE - Todos os direitos reservados
webdesign by
EFNDT
Eurachem
Eurolab
ICNDT
IMEKO
UILI