OCP /

Historial

2016
Notificação como Entidade Terceira Reconhecida, ao abrigo do Artigo 20º da Diretiva 2014/68/EU - Equipamentos sob pressão, para a aprovação de Técnicos de Ensaios Não Destrutivos, conforme requerido no ponto 3.1.3 do anexo I da referida Diretiva.

Âmbito de acreditação sob descrição flexível.

2014
O IPAC confirmou a transição para o novo referencial de acreditação: NP EN ISO/IEC 17024:2013.


2012
A RELACRE viu-se obrigada a restringir o seu âmbito acreditado apenas aos Esquemas de Certificação de maior procura: "Técnicos de Ensaios Não Destrutivos"; "Técnicos de Colheita de Amostras de Água" e "Técnicos de Segurança Alimentar".


2011
Foram desenvolvidos 2 novos Esquemas de Certificação, na área END: "Técnico de Inspeção Visual" e "Técnico de Medição de Espessuras (Nv2)".


2008-2009
Ao abrigo de um projeto PRIME, a acreditação na área END foi alargada aos setores de "Soldadura" e "Materiais", assim como ao Nível 3. Foram ainda criados 3 novos Esquemas de Certificação: "Técnicos e Auditores de Segurança Alimentar" e "Técnicos de Colheita de Amostras de Água destinada ao Consumo Humano".


2005
Neste ano, a RELACRE foi acreditada pelo IPAC, de acordo com a referida norma.


2004
Face à edição de nova norma sobre "Requisitos gerais para certificação de pessoas" (NP EN ISO/IEC 17024), o OCP reestruturou o seu Sistema de Certificação de forma a cumprir os requisitos dessa norma.


2001
Perante o desenvolvimento alcançado naquelas duas áreas e indo ao encontro das necessidades manifestadas pelo mercado, tornou-se necessário abranger mais áreas de Certificação de Pessoas. Coincidindo com o facto do IPQ deixar de desenvolver atividades de certificação de auditores e sabendo que o papel do auditor é muito importante no desempenho dos laboratórios, a RELACRE lançou a certificação de Auditores de Laboratório (ADL).

Mantendo como preocupação o desempenho dos laboratórios e tendo em atenção que cada vez é mais pertinente o controlo da qualidade efetuado nos alimentos, assim como a qualificação de quem realiza esses ensaios, a RELACRE desenvolveu uma nova área: Análises de Alimentos (ALM), criando uma CTC constituída por elementos de entidades nacionais de elevado mérito nesta área.

Paralelamente às atividades de certificação decorreu o processo de acreditação do Organismo de Certificação de Pessoal com base nos requisitos da norma NP EN 45013, bem como o processo de notificação como Organismo de 3ª Parte pela Diretiva 97/23/CE-PED (Equipamentos sob Pressão).


1999
Após larga experiência na área da formação, a RELACRE decidiu desenvolver a atividade de Certificação de Pessoas em domínios laboratoriais, contribuindo para elevar a qualidade do serviço prestado pelos laboratórios nacionais.

Resultado de várias consultas no domínio dos ensaios de águas, a atividade de certificação foi iniciada em 1999 na área Análises de Águas e Efluentes (AAE, depois designada Análises de Águas - AAG) com a criação duma Comissão Técnica de Certificação (CTC) que, depois de ter realizado as adaptações necessárias, constituiu-se como um Organismo de Certificação de Pessoal (OCP), cumprindo os requisitos da norma NP EN 45013 com vista à sua acreditação pelo Instituto Português da Qualidade (IPQ).

Respondendo de novo a uma necessidade dos laboratórios acreditados na área dos Ensaios Não Destrutivos (END), face ao disposto em documentos europeus, designadamente Guia EA-4/08 (todos os técnicos de END que trabalham em laboratórios acreditados devem ver reconhecidas as suas valências num sistema independente baseado na norma EN 473), a RELACRE decidiu promover o desenvolvimento do Sistema de Certificação de Técnicos nessa área. Igualmente em 1999, constituiu uma CTC com elementos altamente qualificados e representantes dos laboratórios acreditados dessa área.
2013 © RELACRE - Todos os direitos reservados
webdesign by
EFNDT
Eurachem
Eurolab
ICNDT
IMEKO
UILI